UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
 
       

Histórico

A Diretoria de Administração Financeira - DAF foi criada em Janeiro de 1996, junto com a Diretoria de Administração - DAD, em virtude do desmembramento da Diretoria Geral de Administração - DGA.
Foi atribuída à DAF a gestão financeira dos recursos da Universidade e à DAD a gestão dos Serviços Administrativos e de patrimônio.
Em 2000 a DAF incorporou as atividades de serviços administrativos e patrimoniais até Agosto de 2001, quando foi criada a Diretoria de Administração Patrimonial - DAP, que passou a responder pelas atividades de Patrimônio.

Diretora: Maria Thereza Lopes de Azevedo

Dotada de corpo técnico especializado, a DAF responde:

  • Pela recepção, análise, decisão, planejamento e execução dos pedidos de bens e serviços das unidades administrativas e acadêmicas da UERJ;
  • Pela execução orçamentária dos recursos provenientes do Tesouro do Estado (fonte 00) disponibilizados pela Diretoria de Planejamento – DIPLAN, para atendimento das despesas de pessoal, encargos sociais, manutenção predial, manutenção de elevadores, limpeza e conservação, segurança, obras e serviços de engenharia, diárias, bolsas, apoio financeiro a estudante, concessionárias de serviços públicos (DEFIN/DICOR/DICOF);
  • Pela execução orçamentária e financeira dos recursos provenientes de convênios (fonte 13) no atendimento das despesas previstas nos respectivos planos de aplicação (DEFIN/DICONV);
  • Pela elaboração dos editais de licitação, contratos e termos aditivos (COTELI);
  • Pelos serviços gráficos da UERJ (DSAD/DIGRAFI);
  • Pela comunicação e arquivo da UERJ (DSAD/DCOM);
  • Pela estimativa da despesa, aquisição de bens, serviços e controle de almoxarifado (DSAD/DMATE);
  • Pela Importação de material (DSAD/IMPORT);
  • Pelo registro dos fatos contábeis e elaboração do balanço da UERJ (DECONT);
  • Pelo Controle de Receitas e Despesas e verificação quanto a sua regularidade e legalidade (DRTC);
  • Pelo controle de bens móveis e imóveis (DEPAT);
  • Pela expedição de normas orientando procedimentos (Circulares, Ordens de serviço, Portarias, Editais de Licitações, Manuais, Formulários)